10 motivos para você abrir uma empresa no exterior

A hora de expandir sua operação para fora do brasil é agora.


Já foi difícil abrir uma empresa no Brasil. Crescer então, nem se fala. Mas alguma coisa diz para você que está na hora de olhar para fora e crescer mais. Daí surgem as dúvidas: para onde eu vou, como vou, vender o que, falar com quem... e elas não param de vir. Antes dessas dúvidas, faça uma reflexão interna sobre o seu negócio e seu momento no mercado. E pergunte-se:

Por que eu quero abrir uma empresa no exterior?


Se um dos seus motivos está listado abaixo, você pode avançar para a próxima rodada de perguntas:



1) Ampliar o portfolio de clientes

Se sua empresa está bem posicionada no Brasil ou já atende uma parcela considerável do mercado, você pode expandir sua carteira de clientes abrindo novos mercados (fugindo assim do cenário de saturação). Além disso, se você atende empresas multinacionais no Brasil, pode prospectar oportunidades para atendê-las em outros países. Se você faz um bom trabalho aqui, pode usar esses clientes com boa reputação internacional como cartão de visita.



2) Expor sua marca globalmente

Para valorizar sua marca e ganhar projeção internacional, é preciso que ela seja exposta em outros mercados. No mundo da moda, por exemplo, abrir lojas conceito nos principais centros de referência como Nova Iorque, Milão, Paris e Londres ou posicionar seus produtos em marketplaces pode aumentar o nível de exposição da sua marca e conquistar clientes em todo o mundo. Veja como a Melissa nos deixa orgulhosos em Londres.



3) Criar uma barreira de entrada aos seus concorrentes internacionais

Você tem a notícia de que um concorrente internacional está interessado no mercado brasileiro. A melhor forma de aprender como ele se posiciona é atuando nos mercados em que ele atua. Esse exercício faz com que você crie uma barreira natural para a entrada do seu concorrente no Brasil ou, ao menos, com que ele receba o recado de que no Brasil ele vai comer muito arroz e feijão para chegar onde você já está.



4) Participar de concorrências globais

Quando você atende multinacionais no Brasil, há contratos que são negociados para atender diversos países. Os contratos internacionais geralmente são processados na matriz destas empresas. Com um CNPJ internacional, a oportunidade de participar dessas concorrências é aberta, e você pode tornar-se fornecedor dessa multinacional no Japão, Polônia, China, Estados Unidos... já pensou?



5) Reduzir custos operacionais

Se sua empresa importa muitos insumos, o maquinário é caro ou sua mão de obra é muito qualificada e escassa no Brasil, vale a pena desenvolver um estudo para montagem de uma base avançada fora do Brasil, na qual você pode conseguir reduzir seus custos operacionais e melhorar sua competitividade. Se você já exporta, pode ser uma opção a criação de uma unidade fora do Brasil para reduzir os mesmos custos e melhorar a logística, baixar os custos de frete e estar mais próximo dos clientes.


6) Buscar novas tecnologias

Quando você trabalha com inovação, é preciso estar próximo dos países e centros de pesquisa mais inovadores do mundo para acompanhar as últimas descobertas da pesquisa e desenvolvimento. Países que investem em pesquisa e desenvolvimento possuem incentivos tributários, mão de obra qualificada e um regime de marcas e patentes bastante eficiente para as empresas. Veja o ranking dos países mais inovadores do mundo aqui.



7) Recrutar pessoas para complementar seu time

Quando a sua empresa atende um mercado de nicho, você vende especialização. A melhor forma de internalizar conhecimento rapidamente é buscar profissionais já qualificados. Mas nem sempre eles estão disponíveis no Brasil, ou o salário pode ser muito alto. Neste caso, buscar universidades ou centros de excelência internacionais que capacitem este profissional pode ser a melhor fonte para achar quem você busca. No caso de abrir uma empresa fora do Brasil, trabalhar com times internacionais gera um fator motivador interno e ajuda a reter talentos. É incrível como seu time fica motivado com a oportunidade de passar poucos períodos fora do Brasil trabalhando em projetos interessantes.



8) Reduzir o risco cambial

Você sabia que sua empresa pode ter contas multimoedas lá fora? Isso mesmo. Se você exporta e quer reduzir seu risco cambial, ter uma conta bancária internacional para pagar e receber de clientes e fornecedores internacionais em moeda estrangeira pode te ajudar a reduzir sua vulnerabilidade com as flutuações do Real.



9) Melhorar a eficiência tributária

Se você exporta para países com os quais o Brasil não possui acordos comerciais internacionais (veja a lista aqui), abrir uma empresa em outro país com mais acordos comerciais internacionais pode abrir novos mercados. Na prática, ter uma empresa na União Europeia ou no NAFTA, por exemplo, melhora sua competitividade perante os concorrentes internacionais com regimes tributários mais eficientes que o brasileiro. Confira aqui a lista de todos os acordos internacionais vigentes no mundo.



10) Obter vantagem de política pública internacional

Quando o seu ramo de atividade não é regulado no Brasil, ou a regulação é tão restritiva que inviabiliza sua atividade, é preciso olhar novos mercados para seguir operando. De outra parte, quando há legislação mais avançada em outros países, vale a pena acompanhar o movimento internacional para não perder o timing do mercado. Um caso claro são as fintechs, que no Reino Unido possuem um regime especial chamado Sandbox na qual elas podem operar com regulação flexível ou as bolsas de incentivo e financiamento do Canadá. No geral, as bolsas e incentivos são mais atraentes quando o mercado não é tão desenvolvido e é preciso atrair novas empresas à região. Os grandes centros de negócio do mundo (como Nova Iorque, Berlin, Londres, Paris etc) tendem a não oferecer incentivos para empresas, já que os mercados são consolidados.


Estes são os 10 principais motivos para os quais as empresas abrem operações no exterior. Existem também razões pessoais, como: quero proporcionar uma vivência internacional para minha família, ou conhecer lugares novos, ou me identifico com outras culturas. Qual é o seu motivo?


Me conte aqui. Te vejo no mundo,






A Sterna é a primeira Boutique de Internacionalização do Brasil. Podemos de ajudar a abrir sua empresa no exterior. Vamos tomar um café? contato@sterna.co

146 visualizações